Indo às compras

O Natal e o Réveillon já passaram, mas a magia de ambos continua.

compras-0

Sou uma pessoa extremamente controlada quando se trata de dinheiro. Há quem pense que sou uma verdadeira avarenta por ter essa postura (quando digo que sou controlada, sou controlada mesmo), mas a realidade é a de que eu penso muito antes de gastar o meu salário, sempre tendo em mente se aquele produto é realmente necessário ou se ele vale o número que está estampado na etiqueta.

Mas vou contar um segredo a vocês agora: esse meu equilíbrio fica balançado quando as promoções de final/início de ano começam. “Moda a preço de banana”, “60% de desconto aqui”, “liquidação”, “queima de estoque!”, são slogans comuns nessa época e, céus, é tão difícil não dar a doida e sair gastando o que tenho e o que não tenho!

Respiro fundo nessas horas, sigo todo um ritual para que eu não seja o próximo nome na lista dos inadimplentes e hoje vou explicar como faço a minha bufunfa render.

Liste as coisas mais urgentes!

Já deixei bem claro em posts anteriores que sou a louca das listas. Pois bem, numero tudo aquilo que é assim, caso de necessidade pura (mas necessidade mesmo!). Nada de “nossa, preciso de mais um sapato!” quando tenho, sei lá, uns sete pares guardados no armário. Não, não. É caso de “caraca, todas as minhas meias estão furadas”: precisamos comprar meias!

Abra suas gavetas, seu guarda-roupa e sua necessaire e veja o que de fato está chegando no fim ou até que já acabou. Escreva item por item.

Falando na bufunfa…

Estipule uma meta de quanto você está disposta a gastar. Cem, duzentos, trezentos reais, não importa. Você não vai gastar mais do que isso, você não vai gastar mais do que isso, você não vai gastar mais do que isso!

Hora de camelar!

Vai bater perna. Centro da cidade, shopping, isso fica a seu critério. Passe de loja em loja em busca dos itens que escreveu na lista e pesquise os preços. Mas é pra pesquisar mesmo, viu? Não caia na tentação de comprar tudo na primeira loja. Nela você pode encontrar o par de meias por cinco reais, mas na outra ele pode estar por três e com os dois reais restantes você leva, sei lá, uma barra de chocolate.

Essa parte também é ótima porque você caminha horrores! Cheguei em casa parecendo que tinha corrido a São Silvestre.

Esquece que cartão de crédito existe!

NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! NÃO PARCELE NADA! CONTROLE-SE! Compre tudo à vista sempre que possível. As parcelas são extremamente tentadoras, mas você não sabe quais serão as suas condições (ou a do seus pais) daqui um, dois ou três meses. Encaro parcelas como a compra de dívidas e, não, isso não é legal. Tente escapar disso.

Ô MANHÊEEE!

Nah, você não vai pedir mais dinheiro para a sua mãe (ou para qualquer outra pessoa). O assunto aqui são negócios, passarinhas. Sabe a chapinha que queimou na semana passada e que vocês duas costumavam usar? Então, sugere de comprarem outra juntas. Você compra a chapinha e ela sai por um preço bem mais agradável no seu orçamento.

Acredito que, por enquanto, são essas as dicas que eu tenho para vocês. Segui todas no início da semana e não me arrependo de ter levado cada uma à risca: estipulei um valor e deu para comprar tudo o que eu precisava com ele, mas não teria dado certo se eu não tivesse pesquisado antes. Consegui descontos de vinte e até quarenta reais em alguns produtos e percebi que nem todas as lojas que divulgam os tais 60% de desconto estão dando isso mesmo nas mercadorias. É preciso ter muita atenção.

Lembrando que as dicas servem para que não tenha exageros, onde você tenta conseguir o que precisa sem gastar absurdos. É óbvio que a vontade de comprar supérfluos vai existir e, poxa, sem supérfluos tudo ficaria muito sem graça, né? Aí entra mais um dos benefícios da pesquisa. Como eu disse: consegui descontos muito bons e porque não aproveitar esse dimdim “que sobrou” em algo, hm… menos necessário mas ainda assim, desejável? Dá tranquilo e você não passa por cima do orçamento estipulado.

Organização e controle são as palavras-chaves para momentos assim!

Que 2015 seja um ano maravilhoso para todos nós, pessoal ❤

assinatura Agora v4i

Anúncios

14 comentários sobre “Indo às compras

  1. Eu também sou MUITO controlada com compras, sempre fico de olho na minha conta para não passar o orçamento, e só compro se eu realmente precisar. Adorei as dicas. 🙂

  2. Nic,
    adorei as dicas (MESMO!)
    eu sou uma consumista assumida! torro todo meu salário em coisinhas e sempre acho que preciso de mais (tantas cosias lindas geeentéééém que noooooooooooooossa)

    Como sou gastadeira (bjs) esse ano prometi que vou continuar gastando, mas noutras coisas. Fazer aqueeeeeeeeeela clareada nos dentes, pagar uma boa aula de pilates, investir numa bike maneira… essas coisas…

    hahaha

    Beijocas

    1. Feeeeeeeer!
      AI, QUE ÓTIMO *-*

      Ok, ri um monte com o “Como sou gastadeira (bjs) esse ano prometi que vou continuar gastando, mas noutras coisas.” SOS mas veja assim: são coisas que vão te trazer mais qualidade de vida. Vale a pena :3 Sei que você não pediu, mas minha dica nesse caso é: não parcele. Vamos supor que você pagaria o clareamento em cinco vezes de trinta reais. Junte trinta reais durante cinco meses e pague à vista! Quem sabe rola até desconto quando você for fazer, né?

      Beijo, baby ❤

  3. Oi, Nicolle!
    Não posso dizer que sou tão controlada assim, mas também não sou de sair comprando tudo por aí. Só quando falamos de livros, aí eu piro mesmo quando vejo promoção. Eu evito ao máximo parcelar no cartão de crédito também, e penso em tudo o que vou comprar – se vou usar, se é útil, necessário, etc. Agora… tem uma coisa que quero nesse momento e não é tão necessária assim… mas eu quero porque tá bem mais barato do que quando eu quase comprei. HAHAHA! Sabe? Comprar só porque sei que ganhei dinheiro esperando baixar o valor. HAHA! Gente, como é difícil resistir à tentação!
    Beijocas.

    1. Olá, Gabiii! :3
      Entendo totalmente sobre os livros. Também fico aloka e fico afoita quando encontro em promoção. Se são livros que quero ler, nossa, com certeza eu levo.
      Ah, mas se tá com desconto, nem tem porque ficar matutando demais para comprar. Se tem o dinheiro e não vai fazer falta, compre 😀 E, sim, essa sensação é dez! JFDNHJFNHJFGNH

Comente <3

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s